Notícias

Intenção de compra do consumidor segue estável

O índice de consumidores que pretendem efetuar uma compra de bens duráveis no período de julho a setembro de 2018 é de 1% no varejo ampliado, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR), em parceria com o PROVAR (Programa de Administração do Varejo), E-bit e Epistemycs.

Segundo o presidente do IBEVAR, Prof. Claudio Felisoni, é possível perceber uma insegurança na intenção de compra pois as pessoas estão temerosas em comprometer o orçamento com gastos extras. “A alta do dólar, a desconfiança com relação ao emprego, o cenário eleitoral incerto, os juros altos e a inflação são fatores que afetam diretamente essa decisão”, explica.

Já a previsão de intenção de compra do consumidor virtual para o terceiro trimestre é de 88,90%, melhor resultado apresentado nos últimos 3 anos, mostrando uma importante recuperação na confiança econômica, apesar das incertezas de um ano eleitoral. O que apresenta um aumento de 5,2% em relação ao mesmo período de 2017. Comparado com o trimestre anterior (abril a junho de 2018), houve uma alta de 0,34%.

As categorias que apresentam os maiores índices de intenção de compra são artigos de uso pessoal e doméstico (1,39%), artigos farmacológicos, médicos, ortopédicos e perfumaria (1,03%), hipermercados, produtos alimentares, bebidas e fumo (0,65%), matérias de construção (0,43%), escritório, informática e comunicação (0,41%) e automóveis, motos, partes e peças (0,16%).

Já os que não apresentaram crescimento são tecidos, vestuário e calçados (-0,03%), combustíveis e lubrificantes (-0,07%), móveis e eletrodomésticos (-0,11%) e livros, jornais, revistas e papelaria (-1,48%).

Com relação ao rendimento real mensal, a pesquisa aponta que teve um aumento de 2,95% nos últimos 12 meses, que se refere ao período de março de 2017 até março de 2018.

Fonte: Portal Newtrade

Notícias
  • Cinco dicas para realizar um bom inventário de estoque

    Continue lendo Clique e leia
  • Pesquisa demonstra desafios urgentes para o futuro do atendimento ao cliente

    Continue lendo Clique e leia
  • Melhorar a experiência no ponto de venda pode alavancar o valor da sua empresa

    Continue lendo Clique e leia
Veja mais